• Incapacidade Permanente

    Perda anatómica ou impotência funcional de membros ou órgãos de carácter irreversível, susceptível de constatação médica objectiva, originada por lesões corporais produzidas por um acidente coberto pela apólice.

  • Incapacidade Temporária

    Impossibilidade física e temporária, susceptível de constatação médica objectiva, de a pessoa segura exercer a sua actividade normal.

  • Invalidez

    Situação clinicamente avaliável, em que se encontra a vítima em consequência de um acidente, traduzida na incapacidade de realização dos actos ou comportamentos físicos ou inerentes às funções intelectuais, próprios da actividade pessoal ou profissional de uma pessoa normal. Pode ser, quanto à gravidade, parcial ou total (absoluta) e quanto à durabilidade, temporária ou definitiva (permanente).

  • Invalidez Absoluta e Definitiva

    Considera-se invalidez absoluta e definitiva quando, em consequência de doença ou acidente, ficar totalmente incapacitada, com fundamento em elementos objectivos e clinicamente comprováveis, de exercer qualquer actividade remunerável e desde que o seu estado de saúde a obrigue a recorrer, de modo contínuo, à assistência de um terceira pessoa para a satisfação das suas necessidades vitais.

  • Instituto de Supervisão de Seguros

    Instituto de Supervisão de Seguros, entidade a quem, por lei, cabe supervisionar o exercício da actividade das empresas de seguros e de resseguros com sede em Angola, incluindo a actividade exercida no território países pelas respectivas sucursais ou a aí exercida em regime de livre prestação de serviços, e bem assim a actividade exercida em território angolano por sucursais de empresas de seguros com sede fora de Angola.